Smart Bens
Precisa de Ajuda? Fale com um dos nossos corretores.

Blog

COMO A SMARTBENS FEZ PARA SUPERAR A CRISE COM A PANDEMIA?

Como garantir o que há de melhor no ramo imobiliário para o cliente, sem deixar a bola cair nesse período de pandemia? O segredo foi um olhar diferenciado e criativo diante do que sempre foi uma missão da SMARTBENS: o que mercado deseja? O comportamento nos negócios mudou, a empresa se adaptou e superou os obstáculos impostos pela crise gerada no mercado econômico pela pandemia da Covid-19.

Hoje, a prospecção da SMARTBENS é de R$ 1 bilhão de vendas em geração de crédito até Julho de 2021. Isso só foi possível ao esforço incansável de uma equipe para enxergar o mercado de forma diferenciada para a superação da crise. Não só chegamos lá, como estamos alcançando estratégias cada vez mais interessantes no mercado, que vão muito além de vender um imóvel, mas proporcionar um futuro de negócios para quem também planeja transformar dificuldades em oportunidades. Foi necessário adaptar à uma grande evolução de mercado em venda de crédito rápido para capital de giro de grandes e pequenas empresas, buscando prospecções de evolução em obra para que a empresa não ficasse no zero.

Em Agosto, após um mês com a filial de Goiânia aberta e sem prospecção de novos corretores para a equipe imobiliária, o CEO da SMARTBENS, Helisson Pelegrini, conta que teve que tomar uma iniciativa, já com a contratação firmada para a parte comercial de inserção voltada para o mercado imobiliário nos lançamentos de construtoras. Não compensava ser mais um entre os concorrentes locais, era inviável lotar um salão de vendas com corretores de imóveis diante de uma pandemia. Então, o que fazer à distância sem deixar as vendas de lado? Três telemarketings foram contratados, mas com foco diferente do habitual da empresa: o que se ofereciam eram as vantagens de malas diretas voltadas pra CNPJ, orientações focadas em crédito imobiliário, financiamento de obra e consórcio.

Em Setembro, o foco foi examinar o alcance e conquista de clientes para a venda de consórcios na aquisição de novos terrenos e produção de obra junto à empresas financeiras. A mudança no formato de negócios rendeu frutos: média R$ 114 milhões em consorcio produção de obra e compra e aquisição de terrenos e manutenção de equipamentos juntos a fundos e instituição financeiras parcerias da Smartbens assessoria financeira  e  R$ 19 milhões em vendas de consórcios Bancorbras  , em Agosto ,  Setembro , Outubro e Novembro , permitindo o início da superação da crise dentro da empresa.

Em Novembro, uma janela de mercado foi aberta: pequenas e grandes empresas precisavam de crédito de capital de giro, diante da necessidade de renovação do estoque, pagamento de funcionários e necessidade de fazer novos investimentos como reforma, obra, expansão na área de TI e marketing. Diante desse cenário, instituições financeiras foram procuradas e a SMARTBENS se filiou a elas para superar a crise. A captação de clientes foi um trabalho realizado com as próprias ferramentas de marketing, usando espaços em televisão e rádios para anunciar crédito e capital de giro para grandes e pequenas empresas. Naquele momento, a venda de crédito era mais rentável do que a própria venda do imóvel. “Quando eu pego uma pequena empresa que eu faço a liberação de 200 a 2 milhões de reais, é como se fosse comparar uma venda de um apartamento de classe média alta em Brasília ou Goiânia”, explica o CEO da SMARTBENS, Helisson Pelegrini.

A ideia da assessoria de crédito foi ampliada e, unindo o conhecimento técnico do nicho de mercado à grandes instituições financeiras parceiras, foi ofertada a venda de crédito como consórcio, consorcio produção de obra, capital de giro e com garantias variadas como de veículo, imobiliária e garantia de máquina de cartão. Diante de toda a evolução, já existem contratos em andamento para serem concretizados em Janeiro, Fevereiro e Março. A empresa expande agora a venda do crédito agrícola, aonde já se evoluiu em mais de 600 milhões em crédito para liberar até o primeiro semestre de 2021, com grandes parceiros em Brasília ,  Cuiabá, Campo Grande, Rio Verde, Goiânia e Palmas.

SMARTBANKBR, O SEU NOVO BANCO DIGITAL

Tudo isso fez com que a SMARTBENS não só superasse a crise e aprendesse com as dificuldades, mas também lançasse novos produtos de trabalho. O banco SMARTBANKBR, que é uma instituição fintech, ou seja, uma startup que trabalha para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro, com custos operacionais menores na comparação às instituições tradicionais do setor. Novamente, o foco é voltado para a administração de carteira imobiliária.

Hoje, o grupo SMARTBENS mostra o exemplo de que a inovação pode ser um caminho de sucesso para enfrentar o prejuízo econômico da pandemia. A empresa atingiu um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 134 milhões em negócios relacionados a todos os produtos. Isso tudo com 8 funcionários, que se desdobraram e também superaram limites para permitir que a vitória fosse possível. O grupo empresarial valorizou o marketing, a mudança da zona de conforto e aprendeu a evoluir para se adaptar ao novo. “Que venha 2021! Com ou crise vamos nos organizar e nos preparar cada vez melhor para atender nosso clientes e superar nossas expectativas.”

Com sede em Brasília e filial em Goiânia, a SMARTBENS vai abrir mas 3 filiais no primeiro semestre de 2021: Balneário Camboriú (SC), Palmas (TO) e Belo Horizonte (MG), além da sede do o banco digital, SMARTBANK, em Brasília e São Paulo.  Em breve, teremos novidades por aqui para contar os detalhes desse novo produto. Aguardem…

É com essa mensagem de superação que desejamos a todos um Feliz Natal e um Ano Novo de saúde e prosperidade. Somos o exemplo de que tudo isso é possível.